Skip to Content

Na Bahia, trabalhador rural sem-terra é assassinado em frente à família

  • user warning: Table 'ranp3.scheduler' doesn't exist query: SELECT * FROM scheduler WHERE nid = 10143 in /data/ranp/public_html/sites/all/modules/scheduler/scheduler.module on line 497.
  • warning: Parameter 2 to genericplayers_swftools_flashvars() expected to be a reference, value given in /data/ranp/public_html/includes/module.inc on line 476.

Está faltando algum conteúdo do Flash que deveria aparecer aqui. Talvez seu navegador não possa exibi-lo. Instale a última versão do Flash em seu computador, ou atualize sua versão.

(1’23” / 324 Kb) - Os conflitos no campo fizeram mais uma vítima na última terça-feira (6), no povoado de Mandassaia, localizado na cidade de Monte Santo (BA). O trabalhador rural Leonardo de Jesus Leite, de 37 anos, foi assassinado por pistoleiros, em frente à esposa e dois filhos. Ele era liderança regional do Movimento de Trabalhadores Acampados e Assentados (Ceta).

De acordo com o Movimento, há cerca de quinze dias, Leonardo era ameaçado por pistoleiros, a mando de latifundiários. Essas ameaças foram denunciadas para a Polícia Civil e o Ministério Público, que não tomaram providências. Também segundo a organização, nos últimos três anos, cinco trabalhadores rurais foram assassinados no município.

A vítima fazia parte de um grupo de sem-terra que atua há mais de dez anos na região. Uma de suas principais lutas é pela desapropriação para fins de reforma agrária da fazenda Jiboia, na cidade de Euclides da Cunha, propriedade do ex-prefeito, José Renato.

A região Nordeste apresenta crescimento de 37,5% nos índices de violência no campo, entre 2009 e 2010, segundo dados da Comissão Pastoral da Terra (CPT). No último ano, foram 440 casos. No estado da Bahia os conflitos aumentaram 89,6%, com 91 casos.

De São Paulo, da Radioagência NP, Vivian Fernandes.

08/09/11